2 de fev de 2012

Iemanjá

Rainha Ela é das águas
nas águas a vida gerou
no balanço de seus cabelos
o amor se propagou.
Sorrindo em satisfação
viu que as águas trouxeram união
entre terra e outros elementos;
então naquele momento, em gratidão,
ao universo ofertara o coração.
Caminhou sobre as águas
e dali nunca se ausentou,
dera a todos filhos a fertilidade do perdão.
Até hoje as ondas continuam a dançar
relembrando o balanço das vestes da rainha do mar.
O Rei, satisfeito, à Rainha coroou e com sete estrelas consagrou.




                                                                                                   



Nenhum comentário: